Av. Brigadeiro Faria Lima, 1826
2º - Andar - Jardim Paulistano
Tel.: 55 11 3812 - 8477
E-mail: clinicalen@clinicalen.com.br

Perguntas e Respostas


Antibóticos e sua indicação

Pergunta?

Dr Jairo, tudo bem? Estou com uma dúvida, acho que você pode me ajudar. A M., pra variar, esta gripada, tossindo muito, nariz escorrendo. Depois de tentar Celestamine por alguns dias, levei ela ao medico aqui (OBS: P. mora atualmente fora do Brasil) e deram outros remédios (provavelmente, no mesmo estilo). Também não fez efeito. Voltamos lá e agora ela continua com um xarope para a tosse mas, esta com um antibiótico e melhorando devagar, aos poucos. Queria entender como funcionam os antibióticos, porque as pessoas normalmente nao devem tomar muitas vezes. A M. tomou antibiótico há 2 meses, não lembro qual o principio ativo mas, agora é com amoxixilina (ou algo do gênero!!). Qual a restrição ou o problema que o antibiótico pode ter? Obrigada e um beijo P.


Resposta.

P., Bom dia! Em geral tentamos melhorar estes resfriados e rinossinusites com anti-alérgicos e, não havendo uma melhora, supõe-se que a causa é bacteriana e trata-se com antibióticos. Os antibióticos carregam uma má fama INDEVIDA. É por conta deles que hoje em dia não se morre mais de doenças infecciosas, diferente do início do século passado, aonde 90% das mortes eram causadas pelas infecções. Só para você ter uma idéia, até 1930 a principal causa de morte até os 20 anos de idade era INFECÇÃO. Hoje em dia a infecção não é, nem de longe, a principal causa de morte nesta faixa etária, e sim as mortes por causa violenta (acidentes, por exemplo). O responsável da mudança: antibiótico. Por outro lado, existe um uso indevido e exagerado destes remédios, o que pode, eventualmente, ser prejudicial à saúde, por diversos motivos. No caso da M., aonde houve prescrição médica e avaliação, certamente o antibiótico não fará qualquer mal (se, por acaso, não resolver o problema, mal não fará). Muitas vezes não acertamos de primeira vez no tipo do antibiótico, por isso a melhora não é imediata, e às vezes tem que se trocar de remédio. A médica dela vai reavaliar para eventualmente fazer a troca. Um beijo, Jairo

Assine nossa newsletter e receba primeiro, nossas novidades, dicas e notícias.

© 2016 Clinica Len - Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por E-assis