Av. Brigadeiro Faria Lima, 1826
2º - Andar - Jardim Paulistano
Tel.: 55 11 3812 - 8477
E-mail: clinicalen@clinicalen.com.br

Perguntas e Respostas


Comportamento - Passividade frente à agressão

Pergunta?

Oi Jairo, tudo bem? Hoje estou escrevendo para pedir sua opinião sobre um assunto que não sei se e "encanação de mãe" ou se realmente devo me preocupar. O que acontece e que a N. (1 ano e meio) não reage quando e agredida por outra criança. No final do ano, na reunião da escola a coordenadora do berçário me disse que a N. é bem tranquila, não briga, não morde os amiguinhos e que mesmo quando tiram um brinquedo da mão dela ela não reage, às vezes chora um pouco ou simplesmente "deixa p/ lá" e pega outro brinquedinho. No ultimo final de semana visitamos um casal de amigos que tem um filho 2 meses mais velho do que a N., eles brincaram juntos, numa boa, mas teve um momento em que o menino resolveu dar uns tapas na cabeça da N., ela ficou olhando para ele assustada e depois chorou, mas não te reação alguma para se defender, isso me preocupa. Será que estou vendo problema onde não existe ou tenho mesmo que mesmo que dar uma atenção especial a esse assunto? obrigada um beijo E.


Resposta.

E., Bom dia! A meu ver as atitudes da N. são normais – e muito melhores do que a atitude do amiguinho que “bateu” na cabeça dela. Um dos grandes problemas é a agressividade das crianças, que atinge seu ápice entre 1 ano e meio e 3 anos de idade. Quem devia estar preocupado são os pais desta criança, caso ela se torne uma criança “sempre” agressiva. A N. reagiu, mas da forma dela. Chorou, foi fazer outra atividade, etc. Não é interessante que ela reaja fisicamente quando for agredida. É claro que, com o passar do tempo, isso vai acontecer. É inevitável. Todos reagiremos à violência física de forma “violenta”, agressiva, mas isso pode só aparecer quando a N. estiver mais velha. Na idade dela, quando menor o grau de agressividade, maior é a chance da criança aprender a lidar com os problemas de forma mais clara. E também, de forma bem mais complexa, a agressividade infantil tem MUITO a ver com o modo com que as crianças são educadas, como é a casa em que elas vivem, como seus pais a tratam e principalmente de que forma lidam com esse caráter agressivo dos filhos. A última coisa que você deve fazer, em casos como esse, é “ensinar” a N. reagir, a como se defender usando violência. O tempo vai ensiná-la – com a ajuda de vocês – o melhor modo de conseguir as coisas. Jairo

Assine nossa newsletter e receba primeiro, nossas novidades, dicas e notícias.

© 2016 Clinica Len - Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por E-assis